Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Lágrimas de crocodilo

por F. Rui, em 19.02.15

Lágrimas de crocodilo

.

.

Notícia: Ministro da Economia não compreende elevado preço dos combustíveis

Pessoal que permitiu [ex: pessoal do PS, etc] que bens de primeira necessidade [ex: gasolina, electricidade, etc] ficassem completamente à mercê da cartelização [leia-se roubalheira] privada... anda agora por aí a chorar lágrimas de crocodilo!...


NOTA 1:
Não há necessidade do Estado possuir negócios do tipo cafés (etc), porque é fácil a um privado quebrar uma cartelização.
Agora, em produtos de primeira necessidade - que implicam um investimento inicial de muitos milhões - só a CONCORRÊNCIA de empresas públicas é que permitirá combater eficazmente a cartelização [leia-se roubalheira] privada.
{um exemplo: veja-se a roubalheira no preço da gasolina; uma nota: o blog «http://gamanco.blogspot.com/» fala deste assunto}

NOTA 2:
Portugueses à mercê de quem muito bem calhar: com a entrega/venda de produtos de primeira de necessidade [ex: energia, água, etc] a privados... estes venderão a quem muito bem calhar... leia-se: os portugueses ficarão à mercê de quem muito bem calhar...

NOTA 3:
Não podemos continuar a pactuar com a receita do costume - privatização dos lucros... e nacionalização dos prejuízos... vulgo: os maiores activos do Estado (leia-se, empresas públicas que entregam milhões em dividendos ao Estado) devem ser conduzidos para os mega-capitalistas mundiais... e o Estado deve ficar com elefantes brancos, não rentáveis, nas suas mãos.


P.S.
Na minha opinião é óbvio: nas actividades mais estratégicas... é preferível o combate à corrupção (combate esse, que poderá vir a ser muito mais eficaz com o «fim-da-cidadania-infantil»)... do que... ficar à mercê de quem muito bem calhar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:50



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D