Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




The Origin Of Sex Taboo

por F. Rui, em 02.02.15

The Origin Of Sex Taboo [Link]
.
.
In the earliest times of the human existence, people lived on the planet earth in a similar way like all other mammals. Consequently we can say that the human females had all the freedom and independence in these early times.

Then late, because of the necessity, in order to fight for the survival, or, to occupy new areas because of the ambition, and to dominate, somebody made an exceptional discovery, (a trick that should reach a demographic advantage): The suppression of the rights of the women! The suppression of the woman's right had as goal to treat the women as bare "migrant wombs '... so that, society got a demographic advantage!
In fact, when the wars were ́body-to-body ́, the numerical factor (number of available fighters) was of crucial importance... as this factor decided (often) the battles in the end.

Then, because of the necessity, to fight for the survival or because of the ambition to occupy new areas and to dominate, somebody made a remarkable new discovery: SEX TABOO!
The sex taboo had the goal to guarantee a better profitability of the human means of the society! In fact, the human being is no alien: just like it happened with many other mammals, in general the human females are "especially sensitive” with the stronger males...
Let's analyze the sex taboo:
- The society prevents the access of the women to economic independence;
- Women, who didn't marry, were the goal of the social criticism; [so Apparently women were forced to get married];
- There should be no sex before the marriage, - Women should not have any enjoyment of the sex;
- Women, who felt sexually frustrated, were not allowed to talk about it with anybody since the sexual male capability wasn ́t allowed to be questioned;
- Divorce was forbidden.
Obvious conclusion: the true goal of the sex taboo was to put a real trap to the woman... so that one brought these to accept sexually weaker males! In other words, the true purpose of the sex taboo was to integrate socially weaker males!

So, logically, leading a good management of the human means [sexually weaker men were also high-motivated... in order to fight for the survival of their society), the sex taboo led to an advantage of the each society!!!...

At that time, the leaders of the societies paid attention... that is, they knew that in order to build a disciplined army, it was necessary to fulfill previously a big long-term sociological work... in order to train ́rough Männer ́, .
[A comment: An inefficient capacity forming the " rough men"... caused that many societies didn't succeed in surviving century until the 20th century.]

Here some curious cases:
1) Women had to remain at home and to take care of the children (this is, it was necessary to guarantee the capacity of the demographic renewal), because the enemy led a demographic war of attrition otherwise... and in the end of a generation (without a demographic renewal of the 'other side') the enemy would win the war very easily;
2) Widows were not allowed to get married again since it was not good for the morale of the fighters to think.... that, if they die on the battlefield... their wife would amuse herself with another;
3) There was a strong suppression of the homosexuals... since the society needed "rough men" in order to fight the battles [true body-to- body bloodbaths].

However... there was a discovery, that caused an authentic sociological revolution: the development of high-tec-weapons (for example atomic weapons).
With the high-tech-weapons, the numerical factor lost much of its old meaning... the decision of the wars! Consequently in the societies (with high-tech-weapons equipped), there is no more need for a demographic race... in order to guarantee a capacity of the self- defense.

(Comment: approximately 50 percent of female babies and male babies are born)
In traditionally monogamous societies only a small percentage of men is childless.
As to expect, the high-tech-weapons caused the decline of the sex taboo. And with the decline of the sex taboo (also as expected) the share of the men without children in traditionally monogamous societies rose strongly.
[Comment: In contrast, the most successful males had children of consecutive marriages...]

Furthermore, with the end of the sex taboo, the following phenomenon also arrived: Many males of monogamous societies were looking for economically weak females [softer]... from other societies.
However these men (with good health), who didn't follow this way,... should have the legitimate right, to have access to ARTIFICIAL WOMBS!... [Surrogate mother]
CONCLUSION:
The modern European society cannot go on being so hypocritical!...
That is, it cannot want to go on to classify certain behaviours as ́preconceived ́..., certain behaviours, that were ABSOLUTELY NECESSARY for its survival!... That is:
1) The traditionally monogamous societies must accept their history!
2) The traditionally monogamous societies must accept that the survival doesn't fall from heaven!
3) The traditionally monogamous societies must assume that survival was only possible, thanks to a big sociological work... specially a good human management, specialy the fact, that they succeeded motivating better the sexually weaker males, so that they were interested in the survival of their identity. Expressed differently, now, they are protected, thanks to the existence of the high-tech-weapons, the traditionally monogamous societies can ́t throw the sexually weaker males simply so into the "waste paper basket" of the society.

[Comment: The Islamic people suppress the right of the women - they are treated just like ́walking wombs ́ - with the goal to get a demographic advantage. If they had not lost 732 AD (in Poitiers), in Europe nowadays every woman would walk around in Burkas.]


P.S.
In old armies... homosexuality was promoted... "Old armies '... This means, if this motivating strategy is uses, any army didn't survive until the present day: they all were erased!
The generals are not dumb, they simply recognized that instead of promoting the homosexuality, they should follow other, even more effective motivation strategies...


P.S.2.
WAKE UP: Muslims use a ‘trick’ to get reach a «demographic advantage»: The suppression of the rights of the women!…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:37


13 comentários

De F. Rui a 31.05.2018 às 08:16

Portugal (e muitos outros locais por aí): um território sob o domínio de mercenários-palhaço
.
.
.
RESPEITAR O DIREITO À SOBREVIVÊNCIA: mobilização para o separatismo.
[manifesto em divulgação, ajuda a divulgar]
.
.
---»»» Todos Diferentes, Todos Iguais... ou seja, todas as Identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta -» INCLUSIVE as de rendimento demográfico mais baixo, INCLUSIVE as economicamente menos rentáveis.
-» Os 'globalization-lovers', UE-lovers e afins, que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.
-»»» blog http://separatismo--50--50.blogspot.com/.
.
Nota 1: Os Separatistas-50-50 não são fundamentalistas: leia-se, para os separatistas-50-50 devem ser considerados nativos todas as pessoas que valorizam mais a sua condição 'nativo', do que a sua condição 'globalization-lover'.
.
Nota 2: Mais, é preciso dizer NÃO à democracia-nazi; isto é, ou seja, é preciso dizer não àqueles que pretendem democraticamente determinar o Direito (ou não) à Sobrevivência de outros.
{nazi não é ser alto e louro, blá, blá... mas sim, a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros}

.
.
.
.
Anexo:
-» O separatismo é absolutamente necessário para que as pessoas que valorizam mais a sua condição autóctone do que a sua condição globalization-lover possam viver em PAZ E LIBERDADE!
.
Mercenários-Palhaço há por aí aos montes.
Mercenários-palhaço europeus andam por aí a 'pendurar-se' em salvadores da demografia. [a comunidade nativa não é demograficamente sustentável]
Os mercenários-palhaço são lacaios ao serviço da alta finança (capital global): eles trabalham para a eliminação de fronteiras.
[nota: a alta finança ambiciona terraplanar as Identidades, dividir/dissolver as Nações para reinar...]
Os mercenários-palhaço, juntamente com mercenários-naturalizados, perseguem os autóctones que reivindicam o LEGÍTIMO DIREITO À SOBREVIVÊNCIA DA IDENTIDADE.
.
.
P.S.
Tal como seria de esperar, os mercenários-palhaço não têm falado neste caso: em pleno século XXI tribos da Amazónia têm estado a ser massacradas por madeireiros, garimpeiros, fazendeiros com o intuito de lhes roubarem as terras... muitas das quais para serem vendidas posteriormente a multinacionais (uma obs: é imenso o património no Brasil que tem estado a ser vendido à alta finança).
Mais: os mercenários-palhaço revelam um completo desprezo pelo holocausto massivo cometido sobre povos nativos na América do Norte, na América do Sul, na Austrália, que (apesar de serem economicamente pouco rentáveis) tiveram o «desplante»... de quererem ter o seu espaço no planeta, de quererem sobreviver pacatamente no planeta, de quererem prosperar ao seu ritmo.


De F. Rui a 31.05.2018 às 08:17

A política com um NOVO PARADIGMA: o contribuinte tem de deixar de ser preguiçoso/otário!
(manifesto em divulgação, ajuda a divulgar)
.
.
Explicando melhor:
- O CONTRIBUINTE NÃO PODE PASSAR UM CHEQUE EM BRANCO A NENHUM POLÍTICO!!!
.
Leia-se, DEMOCRACIA SEMI-DIRECTA: isto é, votar em políticos não é (não pode ser) passar um cheque em branco... isto é, ou seja, os políticos e os lobbys pró-despesa poderão discutir à vontade a utilização de dinheiros públicos... só que depois... a 'coisa' terá que passar pelo crivo de quem paga (vulgo contribuinte).
-» Explicando melhor, em vez de ficar à espera que apareça um político/governo 'resolve tudo e mais alguma coisa'... o contribuinte deve, isso sim, é reivindicar que os políticos apresentem as suas mais variadas ideias de governação caso a caso, situação a situação, (e respectivas consequências)... de forma a que... o contribuinte/consumidor esteja dotado de um elevado poder negocial!!!
-» Dito de outra maneira: são necessários mais e melhores canais de transparência!
[mestres/elite em economia já 'enfiaram' trapalhadas financeiras monumentais... quem paga, vulgo contribuinte, não pode deixar de ter uma palavra a dizer!]
.
Exemplo:
Todos os gastos do Estado [despesas públicas superiores, por exemplo a 1 milhão (nota: para que o contribuinte não seja atafulhado com casos-bagatela)], e que não sejam considerados de «Prioridade Absoluta» [nota: a definir...], devem estar disponíveis para ser vetados durante 96 horas pelos contribuintes na internet num "Portal dos Referendos"... aonde qualquer cidadão maior de idade poderá entrar e participar.
-» Para vetar [ou reactivar] um gasto do Estado deverão ser necessários 100 mil votos [ou múltiplos: 200 mil, 300 mil, etc] de contribuintes.
{ver blog « http://fimcidadaniainfantil.blogspot.pt/ »}
.
Uma nota: a Democracia Directa não tem interesse - serve é para atafulhar o contribuinte com casos-bagatela.
.
.
.
Anexo:
Uma opinião um tanto ou quanto semelhante à minha: Banalidades - jornal Correio da Manhã (antes da privatização da transportadora aérea):
- o presidente da TAP disse: "caímos numa situação que é o acompanhar do dia a dia da operação e reportar qualquer coisinha que aconteça".
- comentário do Banalidades: "é pena que, por exemplo, não tenha acontecido o mesmo no banco BES".
.
Um exemplo: Vítor Constâncio, coadjuvante na nacionalização do BPN, foi premiado pela MÁFIA DOS CALOTES: foi para o Banco Central Europeu.
E não só: muitos outros mestres/elite em economia já 'enfiaram' trapalhadas financeiras monumentais... a quem paga, vulgo contribuinte.


De F. Rui a 31.05.2018 às 08:21

Uma riqueza que, de facto, as regiões/sociedades não podem deixar de aproveitar!!!
.
.
Muitas mulheres heterossexuais não querem ter o trabalho de criar filhos... querem 'gozar' a vida; etc...
Muitos homens heterossexuais não querem ter o trabalho de criar filhos... querem 'gozar' a vida; etc...
-» Concluindo: é uma riqueza que as sociedades/regiões não podem deixar de aproveitar - a existência de pessoas (homossexuais ou heterossexuais) COM DISPONIBILIDADE para criar/educar crianças.
.
---» Já há mais de dez anos (comecei nos fóruns clix e sapo) que venho divulgando algo que, embora seja politicamente incorrecto, é, no entanto, óbvio:
- Promover a Monoparentalidade - sem 'beliscar' a Parentalidade Tradicional (e vice-versa) - é EVOLUÇÃO NATURAL DAS SOCIEDADES TRADICIONALMENTE MONOGÂMICAS...
{ver blogs http://tabusexo.blogspot.com/ e http://existeestedireito.blogspot.pt/}
.
.
.
P.S.
Tal como eu explico no blog «http://tabusexo.blogspot.com/», - o Tabu-Sexo não se tratou de um mero preconceito... foi, isso sim, uma estratégia que algumas sociedades adoptaram no sentido de conseguirem Sobreviver... leia-se: o Tabu-Sexo tinha como objectivo proporcionar uma melhor Rentabilização dos Recursos Humanos da Sociedade... leia-se, o verdadeiro objectivo do Tabu-Sexo era proceder à integração social dos machos mais fracos!
.
P.S.2.
Uma sociedade/região, para sobreviver, precisa de (como é óbvio ) possuir a capacidade de renovação demográfica.
.
P.S.3.
Existem autoridades de sociedades/regiões (que estão sem capacidade de renovação demográfica) em desleixo:
- não monitorizam/motivam/apoiam uma riqueza que não podem deixar de aproveitar -» a existência de pessoas (homossexuais ou heterossexuais) com disponibilidade para criar/educar crianças.

De F. Rui a 31.05.2018 às 08:28

TODOS DIFERENTES TODOS IGUAIS: SEPARATISMO-50-50
(manifesto em divulgação, ajuda a divulgar)
.
Ou seja:
- todas as Identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta -» INCLUSIVE as de rendimento demográfico mais baixo, INCLUSIVE as economicamente menos rentáveis.
-» Os 'globalization-lovers', UE-lovers. smartphone-lovers (i.e., os indiferentes para com as questões políticas), etc, que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.
-»»» blog http://separatismo--50--50.blogspot.com/.
.
.
Nota 1: Os Separatistas-50-50 não são fundamentalistas: leia-se, para os separatistas-50-50 devem ser considerados nativos todas as pessoas que valorizam mais a sua condição 'nativo', do que a sua condição 'globalization-lover'.
.
Nota 2: Mais, é preciso dizer NÃO à democracia-nazi; isto é, ou seja, é preciso dizer não àqueles que pretendem democraticamente determinar o Direito (ou não) à Sobrevivência de outros.
{nazi não é ser alto e louro, blá, blá... mas sim, a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros}
.
Nota 3: O separatismo é absolutamente necessário para que as pessoas que valorizam mais a sua condição autóctone do que a sua condição globalization-lover possam viver em PAZ E LIBERDADE!
.
.
.
.
Anexo
A tripla de cúmplices é composta por:
1- os aspirantes a donos-disto-tudo (nota: possuem uma elevada demografia);
2- o lambe-botas europeu (nota: como a comunidade nativa não é demograficamente sustentável, este pessoal anda por aí a lamber-as-botas a salvadores da demografia);
3- a alta finança, capital global (nota: a alta finança ambiciona terraplanar as Identidades, dividir/dissolver as Nações para reinar...)
.
.
Anexo 2
-» A tripla de cúmplices é intolerante para com os povos nativos que têm o «desplante»... de quererem ter o seu espaço no planeta, de quererem sobreviver pacatamente no planeta, de quererem prosperar ao seu ritmo.
-» No passado [na América do Norte, na América do Sul, na Austrália],
e no presente [em pleno século XXI tribos da Amazónia têm estado a ser massacradas por madeireiros, garimpeiros, fazendeiros com o intuito de lhes roubarem as terras... muitas das quais para serem vendidas posteriormente a multinacionais - uma obs: é imenso o património no Brasil que tem estado a ser vendido à alta finança],
... diversos povos autóctones têm sido alvo de holocaustos massivos.
-» Para a tripla de cúmplices é «««ABSOLUTAMENTE NORMAL»»» que um povo autóctone, que ponha em causa interesses económicos, leve com um holocausto massivo em cima.

De F. Rui a 31.05.2018 às 08:29

O A senhor senhora...... é um PIG!
.
.
A tripla de cúmplices é uma TRIPLA DE PIGS!
.
A tripla de cúmplices é composta por:
1- os aspirantes a donos-disto-tudo (nota: possuem uma elevada demografia);
2- o lambe-botas europeu (nota: como a comunidade nativa não é demograficamente sustentável, este pessoal anda por aí a lamber-as-botas a salvadores da demografia);
3- a alta finança, capital global (nota: a alta finança ambiciona terraplanar as Identidades, dividir/dissolver as Nações para reinar...)
.
-» A tripla de cúmplices é intolerante para com os povos nativos que têm o «desplante»... de quererem ter o seu espaço no planeta, de quererem sobreviver pacatamente no planeta, de quererem prosperar ao seu ritmo.
-» No passado [na América do Norte, na América do Sul, na Austrália],
e no presente [em pleno século XXI tribos da Amazónia têm estado a ser massacradas por madeireiros, garimpeiros, fazendeiros com o intuito de lhes roubarem as terras... muitas das quais para serem vendidas posteriormente a multinacionais - uma obs: é imenso o património no Brasil que tem estado a ser vendido à alta finança],
... diversos povos autóctones têm sido alvo de holocaustos massivos.
-» Para a tripla de cúmplices é «««ABSOLUTAMENTE NORMAL»»» que um povo autóctone, que ponha em causa interesses económicos, leve com um holocausto massivo em cima.
.
.
.
.
Anexo
TODOS DIFERENTES TODOS IGUAIS: SEPARATISMO-50-50
(manifesto em divulgação, ajuda a divulgar)
.
Ou seja:
- todas as Identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta -» INCLUSIVE as de rendimento demográfico mais baixo, INCLUSIVE as economicamente menos rentáveis.
-» Os 'globalization-lovers', UE-lovers. smartphone-lovers (i.e., os indiferentes para com as questões políticas), etc, que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.
-»»» blog http://separatismo--50--50.blogspot.com/.
.
.
Nota 1: Os Separatistas-50-50 não são fundamentalistas: leia-se, para os separatistas-50-50 devem ser considerados nativos todas as pessoas que valorizam mais a sua condição 'nativo', do que a sua condição 'globalization-lover'.
.
Nota 2: Mais, é preciso dizer NÃO à democracia-nazi; isto é, ou seja, é preciso dizer não àqueles que pretendem democraticamente determinar o Direito (ou não) à Sobrevivência de outros.
{nazi não é ser alto e louro, blá, blá... mas sim, a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros}
.
Nota 3: O separatismo é absolutamente necessário para que as pessoas que valorizam mais a sua condição autóctone do que a sua condição globalization-lover possam viver em PAZ E LIBERDADE!

De F. Rui a 07.06.2018 às 23:39

Demografia: tem vindo a acentuar-se nas últimas décadas: em Portugal, milhões de pessoas têm falecido sem ter filhos.
---» AUMENTAR O NÚMERO DE CANDIDATOS A SEREM PAIS
[ é... evolução natural das sociedades tradicionalmente monogâmicas -» manifesto em divulgação ajuda a divulgar]
.
.
Muitas mulheres heterossexuais não querem ter o trabalho de criar filhos... querem 'gozar' a vida; etc...
Muitos homens heterossexuais não querem ter o trabalho de criar filhos... querem 'gozar' a vida; etc...
-» Concluindo: é uma riqueza que as sociedades/regiões não podem deixar de aproveitar - a existência de pessoas (homossexuais ou heterossexuais) COM DISPONIBILIDADE para criar/educar crianças.
.
---» Já há mais de dez anos (comecei nos fóruns clix e sapo) que venho divulgando algo que, embora seja politicamente incorrecto, é, no entanto, óbvio:
- Promover a Monoparentalidade - sem 'beliscar' a Parentalidade Tradicional (e vice-versa) - é EVOLUÇÃO NATURAL DAS SOCIEDADES TRADICIONALMENTE MONOGÂMICAS...
{ver blogs http://tabusexo.blogspot.com/ e http://existeestedireito.blogspot.pt/}
.
.
.
P.S.
Tal como eu explico no blog «http://tabusexo.blogspot.com/», - o Tabu-Sexo não se tratou de um mero preconceito... foi, isso sim, uma estratégia que algumas sociedades adoptaram no sentido de conseguirem Sobreviver... leia-se: o Tabu-Sexo tinha como objectivo proporcionar uma melhor Rentabilização dos Recursos Humanos da Sociedade... leia-se, o verdadeiro objectivo do Tabu-Sexo era proceder à integração social dos machos mais fracos!
.
P.S.2.
Uma sociedade/região, para sobreviver, precisa de (como é óbvio ) possuir a capacidade de renovação demográfica.
.
P.S.3.
Existem autoridades de sociedades/regiões (que estão sem capacidade de renovação demográfica) em desleixo:
- não monitorizam/motivam/apoiam uma riqueza que não podem deixar de aproveitar -» a existência de pessoas (homossexuais ou heterossexuais) com disponibilidade para criar/educar crianças.

De F. Rui a 07.06.2018 às 23:48

Á
À
Ã
Â

á
à
ã
â




È
Ê

é
ê




Í

í





Ó
Ô

ó
ô




Ú
ú

De pvnam a 14.06.2018 às 11:40

DEMOGRAFIA E SEPARATISMO-50-50
(manifesto em divulgação, ajuda a divulgar)
.
---»»» Todos Diferentes, Todos Iguais!!!
Ou seja:
- todas as Identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta -» INCLUSIVE as de rendimento demográfico mais baixo, INCLUSIVE as economicamente menos rentáveis.
-» Os 'globalization-lovers', UE-lovers. smartphone-lovers (i.e., os indiferentes para com as questões políticas), etc, que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.
-»»» blog http://separatismo--50--50.blogspot.com/.
.
.
Nota 1: Os Separatistas-50-50 não são fundamentalistas: leia-se, para os separatistas-50-50 devem ser considerados nativos todas as pessoas que valorizam mais a sua condição 'nativo', do que a sua condição 'globalization-lover'.
.
Nota 2: Mais, é preciso dizer NÃO à democracia-nazi; isto é, ou seja, é preciso dizer não àqueles que pretendem democraticamente determinar o Direito (ou não) à Sobrevivência de outros.
{nazi não é ser alto e louro, blá, blá... mas sim, a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros}
.
Nota 3: O separatismo é absolutamente necessário para que as pessoas que valorizam mais a sua condição autóctone do que a sua condição globalization-lover possam viver em PAZ E LIBERDADE!
.
.
.
.
Anexo:
Promoção da monoparentalidade em sociedades tradicionalmente monogâmicas, ver blogs:
- http://tabusexo.blogspot.com/
- http://existeestedireito.blogspot.pt/

De pvnam a 21.06.2018 às 09:57

DEMOGRAFIA E SEPARATISMO-50-50
(manifesto em divulgação, ajuda a divulgar)
.
.
---»»» Todos Diferentes, Todos Iguais!!!
Ou seja:
- todas as Identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta -» INCLUSIVE as de rendimento demográfico mais baixo, INCLUSIVE as economicamente menos rentáveis.
-» Os 'globalization-lovers', UE-lovers. smartphone-lovers (i.e., os indiferentes para com as questões políticas), etc, que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.
-»»» blog http://separatismo--50--50.blogspot.com/.
.
.
Nota 1: Os Separatistas-50-50 não são fundamentalistas: leia-se, para os separatistas-50-50 devem ser considerados nativos todas as pessoas que valorizam mais a sua condição 'nativo', do que a sua condição 'globalization-lover'.
.
Nota 2: Mais, é preciso dizer NÃO à democracia-nazi; isto é, ou seja, é preciso dizer não àqueles que pretendem democraticamente determinar o Direito (ou não) à Sobrevivência de outros.
{nazi não é ser alto e louro, blá, blá... mas sim, a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros}
.
Nota 3: O separatismo é absolutamente necessário para que as pessoas que valorizam mais a sua condição autóctone do que a sua condição globalization-lover possam viver em PAZ E LIBERDADE!
.
.
.
.
Anexo:
Promoção da monoparentalidade em sociedades tradicionalmente monogâmicas (sem beliscar a parentalidade tradicional, e vice-versa), ver blogs:
- http://tabusexo.blogspot.com/
- http://existeestedireito.blogspot.pt/

De pvnam a 21.06.2018 às 10:37

PROMOÇÃO DA MONOPARENTALIDADE EM SOCIEDADES TRADICIONALMENTE MONOGÂMICAS
(manifesto em divulgação, ajuda a divulgar)
.
.
O problema da natalidade... é uma oportunidade para a liberdade e direitos fundamentais!!!
.
Nas últimas décadas tem aumentado o número de pessoas sem filhos.
.
.
AUMENTAR O NÚMERO DE PESSOAS COM FILHOS Nº1:
-» Tal como eu explico no blog «http://tabusexo.blogspot.com/», - o Tabu-Sexo não se tratou de um mero preconceito... foi, isso sim, uma estratégia que algumas sociedades adoptaram no sentido de conseguirem Sobreviver... leia-se: o Tabu-Sexo tinha como objectivo proporcionar uma melhor Rentabilização dos Recursos Humanos da Sociedade... leia-se, o verdadeiro objectivo do Tabu-Sexo era proceder à integração social (permitir que eles tivessem filhos) dos machos mais fracos!
.
.
AUMENTAR O NÚMERO DE PESSOAS COM FILHOS Nº2:
-» Muitas mulheres heterossexuais não querem ter o trabalho de criar filhos... querem 'gozar' a vida; etc...
-» Muitos homens heterossexuais não querem ter o trabalho de criar filhos... querem 'gozar' a vida; etc...
-» Concluindo: é uma riqueza que as sociedades/regiões não podem deixar de aproveitar - a existência de pessoas (homossexuais ou heterossexuais) COM DISPONIBILIDADE para criar/educar crianças.
.
---» Já há mais de dez anos (comecei nos fóruns clix e sapo) que venho divulgando algo que, embora seja politicamente incorrecto, é, no entanto, óbvio:
- Promover a Monoparentalidade - sem 'beliscar' a Parentalidade Tradicional (e vice-versa) - é EVOLUÇÃO NATURAL DAS SOCIEDADES TRADICIONALMENTE MONOGÂMICAS...
{ver blogs http://tabusexo.blogspot.com/ e http://existeestedireito.blogspot.pt/}
.
.
.
.
P.S.
Uma sociedade/região, para sobreviver, precisa de (como é óbvio ) possuir a capacidade de renovação demográfica.
.
P.S.2.
Existem autoridades de sociedades/regiões (que estão sem capacidade de renovação demográfica) em desleixo:
- não monitorizam/motivam/apoiam uma riqueza que não podem deixar de aproveitar -» a existência de pessoas (homossexuais ou heterossexuais) com disponibilidade para criar/educar crianças.


Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D